No estado de estresse (como excesso de trabalho, dor, asfixia ou emoções fortes) quem entra em ação é o sistema nervoso simpático, respondendo adequadamente com reações do organismo para lutar ou fugir. A estas situações, o organismo reage provocando a aceleração dos batimentos cardíacos, o aumento da pressão arterial, o aumento da adrenalina e da concentração de açúcar no sangue e ativando o metabolismo geral do corpo.

 

Estas reações processam-se de forma automática, independentemente da nossa vontade. Se vivêssemos como no tempo do homem das cavernas e lutássemos ou saíssemos correndo para fugir, utilizaríamos toda esta energia e todas estas substâncias, que são o mecanismo que o corpo arma para nos proteger. 

Restaurativa

Aguarde programação 2015

 

yoga

HORÁRIOS:

REstaurativa

yoga

Porém, normalmente o que acontece é que a grande maioria das pessoas (ainda bem que não são todas), depois de um dia estressante de trabalho, vão para casa comer, ver TV e tentar dormir. Digo tentar dormir, porque vários alunos que iniciam no Yoga sofrem de insônia. Como dormir, se durante o dia passou fortes situações de estresse e agora o metabolismo está acelerado, a adrenalina correndo na circulação, o corpo pronto para agir?  

 

No estado de estresse, a adrenalina faz com que sua mente se torne mais clara e o sangue vai mais para a periferia, para que os músculos possam agir na luta ou na fuga, diminuindo o seu fluxo nos órgãos mais internos, nos órgãos digestivos, por exemplo, dificultando a digestão. Tenho um amigo que quando ia para o Nordeste nas férias, comia até manteiga de garrafa sem ter problemas digestivos, mas quando voltava para São Paulo e para o trabalho, não conseguia comer nenhuma espécie de gordura sem passar mal.

 

Esta introdução foi escrita no intuito de entendermos melhor os benefícios do Yoga Restaurativo. Esta Yoga, cuja principal ação é a não ação, a entrega a Ishwara Pranidhana - A entrega ao Absoluto; relaxando sobre almofadas, almofadões, bloquinhos e cobertores, que apóiam todo o seu corpo, você é guiado a desacelerar primeiro seu corpo físico, depois seu corpo sutil, visitando os chakras, passando pelos koshas, em busca de Ananda – um estado de bem aventurança e felicidade plena.

 

Ao permanecer nas posturas relaxando, de 15 a 20 min., permitimos que o corpo físico mude, é o tempo que o organismo leva na alteração, do sistema  nervoso simpático, para o sistema nervoso parassimpático, baixando os níveis de stress, direcionando a energia para restaurar e recuperar o corpo. O sangue passa da periferia para os órgãos mais internos, facilitando a digestão, por exemplo.

 

O sistema nervoso parassimpático é o responsável por estimular ações que permitem ao organismo responder a situações de calma, como fazer Yoga restaurativa e dormir. Como o organismo reage a estas situações de calma? Através de reações como a desaceleração dos batimentos cardíacos, a diminuição da pressão arterial, da adrenalina e do açúcar no sangue.

 

Na Yoga restaurativa, praticamos a permanência no sistema nervoso parassimpático por mais tempo, relaxando em Ishwara Pranidhana, encontrando o estado de Ananda – Felicidade plena, confiando que tudo está como deveria estar.

 

 “Changing the world one Savasana a time” – Mudando o mundo um Savasana de cada vez. (adesivo criado por uma professora de Yoga Restaurativa nos EUA).

PROFESSORES:

Não há itens nesta lista

Please reload